Acabe com os problemas da Virilha escura e pelos Encravados

Sofrer com virilha escura, cheia de bolinhas ou irritada por causa da depilação é um problema comum entre as mulheres. Segundo a dermatologista Ligia Kogos, a virilha é uma região delicada com pele fina e sensível.

123

“Como é um local de dobra, sempre quente e úmida devido à transpiração, com pelos que geralmente são removidos, ela tende a ficar mais escura”, afirma. A especialista lista os problemas mais comuns e como evitá-los.

Virilha escura

O que é: A dermatologista explica que a virilha escura surge pelo próprio atrito das lâminas e em decorrência da irritação ocasionada com o uso das ceras quentes e frias. O uso constante de calcinhas sintéticas muito apertadas também é uma das causas da virilha escura. “Essa combinação agride a pele e ativa um mecanismo de defesa que acabe escurecendo a pele, principalmente em peles morenas”, afirma Ligia.

Além disso, a especialista explica que a umidade piora o quadro e que o uso constante de calças jeans justas, principalmente dos dias quentes, também agrava o problema e facilita a proliferação de fungos e bactérias, que causa coceira e descamação.

Como acabar com a virilha escura

A dermatologista ensina como evitar o escurecimento da virilha: Evitar o atrito excessivo com a lâmina e não passá-la na pele “a seco” são hábitos fundamentais. “O ideal é sempre usar cremes ou sabonetes para que a lâmina deslize suave e não machuque o local”, afirma. Se a pele estiver muito irritada por causa da cera ou com pelos encravados, a dica é deixar a pele descansar alguns dias. Aplicar cremes calmantes com azuleno, silicone, alantoina ou Aloe Vera também é uma boa opção.

Em caso de contaminação por fungos e bactérias, a dica da especialista é recorrer, com prescrição médica, aos cremes com antimicóticos. Se a região estiver avermelhada, o ideal é se proteger do sol para evitar manchas na virilha. É importante também não depilar a região com cera logo no dia da exposição ao sol.

Segundo Ligia, o uso diário de talco ajuda a manter a região sequinha. Além disso, ela explica que evitar ao máximo usar somente calças jeans também é necessário. “O segredo é sentir o conforto, o prazer e o charme de um vestido ou saia, leves e femininos”, ensina.

Para clarear virilha escura, o truque é usar uma vez ao dia cremes com ureia e ácido salicílico (uréia a 10 % + ácido salicílico a 3 % em creme hidratante – 30 g, pode ser aviado em farmácia de manipulação).

Pelos encravados: Com a irritação constante da depilação, a pele engrossa e fica mais difícil para os pelos emergirem normalmente. “Surgem assim as bolinhas vermelhas e os nódulos doloridos na virilha. A cera (quente ou fria) é a que mais causa o encravamento dos pêlos. As lâminas, ainda que também possam provocar certo encravamento pelo atrito, quando usadas com cremes deslizantes dão menos problemas”, afirma a dermatologista.

Como se livrar do pelo encravado na virilha: De acordo com a especialista, a depilação com aparelhos elétricos de arrancamento é uma alterativa. “Esticando-se com as mãos a pele mais frouxa da região é possível fazer a remoção sem traumatismo. Este tipo de aparelhinho vai enfraquecendo progressivamente os fios”, explica. Ela afirma que usar a pinça para retirar alguns pelos com ajuda de luz natural ajuda a prolongar o efeito de virilha lisinha.

Após a depilação, por cerca de três ou quatro dias, os dermatologistas receitam cremes com corticóide mais gentamicina, que evitam a inflamação. Contudo, para quem sofre muito com o problema de pelos encravados, a melhor solução é a depilação com laser Light Sheer (laser de diodo), que resolve o problema definitivamente em poucas sessões.

Lembramos que o comparativo da pesquisa não exprime algum tipo de ideologia ou apologia a tal tema de responsabilidade do site, estamos apenas reproduzindo um conhecimento científico.

Vimos em: zipbr.com

Comentar