Coisas que você NÃO deve colocar no Facebook

Se você é daqueles que posta e compartilha tudo o que acha legal, cuidado! A rede social Facebok, com mais de 900 milhões de usuários, pode dizer muito sobre sua personalidade, relacionamentos e comportamento. Você pode estar incomodando vários amigos sem perceber.

Várias pesquisas já estudam os efeitos do Facebook na vida das pessoas e o que essa rede social pode dizer sobre elas. O que os pesquisadores ainda não descobriram são as “regras de etiqueta” nas redes sociais. Muitas pessoas têm hábitos irritantes de mídia social, mas evidentemente elas não sabem o que estão fazendo de errado e continuam sendo amigosdesagradáveis.

1

Em suma, o comportamento online deve ser o mesmo que em um evento social. Você sairia tirando foto com várias pessoas? Subiria no palco para dizer o quanto ama o seu animal de estimação? Ninguém suspendeu as regras da sociedade educada para a interação na internet. Se você ainda está inseguro sobre o que postar no seu Facebook, consulte esta lista e não seja aquele amigo chato:

Coisas que você NÃO deve postar no Facebook:

Fotos perturbadoras: Fotos de bebês famintos, cães queimados e pessoas com desfigurações horríveis são de mau gosto, e muito perturbadoras para algumas pessoas. Sabemos que geralmente essas imagens estão envolvidas em uma boa causa, mas antes de postar ou compartilhar seja criterioso.

Vendas de produtos caros: Nem todo mundo está no mercado para comprar produtos caros ou do ramo imobiliário. Compartilhe algo que todas as classes possam apreciar.

Mudar status por uma causa: O fato de você modificar o seu status colocando frases de efeito negativo, simplesmente faz com que as pessoas se sintam mal. Isso não ajuda a sua causa e nem passa uma boa impressão para o seus amigos.

Jogos: Isto é como forçar as pessoas a jogar charadas quando eles odeiam jogos. Pergunte aos seus amigos primeiro se eles gostam de jogos, e se eles vão gostar de receber esses convites.

Mitos urbanos: Antes de postar que comer sementes de romã fará com que seus joelhos estourem, pesquise curiosidades engraçadas nos chamados Snopes, que são páginas de referência que discutem lendas urbanas e boatos na Internet.

Religião: Não acredite que todos compartilham a sua fé. Existem lugares onde as pessoas podem ir para o louvor e comunhão como: os edifícios reais e grupos privados do Facebook.

Confissões: Se você não diria a sua esposa, mãe, ou psiquiatra, por que você deveria postar no seu Facebook? Confissões e compartilhamento de assuntos pessoais só geram informação demasiada e chata.

Palavrões: Um palavrão bem colocado para indignação real ou decepção até pode ser considerado justificável. Um post com 10 palavrões sobre um vídeo engraçado do YouTube mostra uma grande falta de vocabulário.

Notícias sensacionalistas: Posts sobre alimentos que lhe dão câncer ou um verme que vai comer o seu cérebro são notícias oportunistas que só servem para assustar as crianças, por isso pense muito bem antes de publicá-las.

Enigmas: Não poste frases enigmáticas. Quando você coloca no seu status: “Estou tão bravo”, isso não dá muita informação para continuar uma conversa ou para que um amigo possa te ajudar.

Informações sem links: É bom informar seus amigos sobre um site legal, mas você deve incluir o link, ok? Além disso, não use um link com um grande número de caracteres, a visualização será menos confusa se você usar um link encurtado.

Conselhos errados de tecnologia: Se você trabalha em uma empresa de suporte técnico, os seus amigos adorariam receber o seu conselho sobre o melhor software anti-vírus ou um programa legal de música. Só não se esqueça de verificar se essas informações estão corretas para não criar nenhum mal entendido.

Lembramos que o comparativo da pesquisa não exprime algum tipo de ideologia ou apologia a tal tema de responsabilidade do site, estamos apenas reproduzindo um conhecimento científico.

Compartilhe este artigo com os seus amigos, filhos e familiares, é importante estar informado!!!

PODERÁ SER QUE SEU GESTO DE COMPARTILHAR ESTA NOTICIA AJUDE AS PESSOAS A ENTENDER MELHOR AS REDES SOCIAIS!!!

!!!COMPARTILHE!!!

“EDUCAR, PARA TRANSFORMAR!!”

Vimos em: noticias.universia.com.br

Comentar