Veja como a “Mulher mais Feia do Mundo” supera o tratamento e fica ASSIM!

A história da norte-americana Lizzie Velasquez não poderia ser mais triste e ao mesmo tempo mais surpreendente. Ainda durante a gestação da menina, seus pais receberam a notícia de que o bebê, sua primeira filha, era portadora de uma síndrome raríssima, tão rara que apenas ela e uma outra pessoa no mundo todo a têm.

A garota jamais seria capaz de ficar em pé, engatinhar ou andar. Isso porque sua condição especial não permitiria que ela ganhasse peso.

444

Diante de uma notícia tão ruim, os pais de Lizzie não pouparam esforços para que ela vivesse uma vida normal. O resultado pode ser conhecido nessa linda história que ela mesma conta, aos 25 anos, durante 13 minutos.

Em pé, andando de um lado para o outro o tempo todo e sempre com um bom humor de fazer inveja, Lizzie explica como foi ser chamada de “a mulher mais feia do mundo” e como conseguiu superar esse tratamento.

Realmente um caso de superação que merece ser conhecido e admirado, principalmente porque histórias como a dela nos fazem refletir sobre nossas vidas. É bom separar uma caixa de lenços.

Confira no vídeo abaixo:

Lembramos que o comparativo da pesquisa não exprime algum tipo de ideologia ou apologia a tal tema de responsabilidade do site, estamos apenas reproduzindo um conhecimento científico.

Vimos em: licaodevida.com

Comentar