Se você estiver grávida algum desses sintomas vai com certeza surgir!

Os primeiros sintomas de gravidez podem passar despercebidos e podem surgir antes do atraso da menstruação ou cerca de 3 semanas após a fecundação do óvulo. Porém, há mulheres que são tão sintonizadas com o corpo que conseguem perceber que estão grávidas logo depois da concepção.

sintomas-de-gravidez

Para outras, a gravidez pode passar completamente despercebida por semanas, e a desconfiança só surge quando a menstruação não vem. Então, leia abaixo uma lista com os primeiros sintomas de gravidez. Além disso, Pode ser que você tenha todos, mas também é perfeitamente normal não ter nenhum deles, mesmo estando grávida:

Variações de Humor: as variações de humor fazem parte da adaptação ás inúmeras alterações que o organismo materno vem sofrendo. Na maioria das vezes, são suaves e basta paciência e compreensão para lidar com elas. Em alguns casos, pode ser necessário avaliação médica especializada, dependendo das intensidade e da repercussões dos sintomas. Além disso, este sintomas de gravidez podem ser confundido com a TPM.

Cansaço Fácil: A gravidez vem acompanhada de uma série de alterações hormonais e modificações do organismo que podem gerar cansaço, que e normal, faz parte da adaptação. No entanto, exames de pré-natal são capazes de diagnosticar situações patológicas como a anemia ou disfunções tireoidianas, que podem provocar esse sintoma e necessitam de tratamento específico.

Aumento da frequência Urinária: a O aumento da frequência urinária é um dos Primeiros Sintomas de Gravidez, a progesterona, um dos hormônios da gravidez, deixa o fluxo no trato urinário mais lento e o crescimento do útero comprime a bexiga, reduzindo sua capacidade de armazenamento, Por essas razões, é muito comum o aumento da frequência urinária. Caso haja associação com dor em baixo ventre, dor ou ardência ao urinar e sensação de que não consegue esvaziar a bexiga completamente, é necessário procurar o obstetra para investigação de infecção urinária.

Tontura e Sono: As modificações cardiovasculares que ocorrem na gravidez costumam ser as responsável pela ocorrência de tonturas e sonolência. A pressão arterial tende a ficar mais baixa do que antes e há uma alteração no fluxo e no volume sanguíneo. Caso a intensidade dos sintomas preocupe, é necessário comunicar o obstetra, para que sejam investigada outras possibilidades, como labirintite e anemia.

Aversão a Cheiros fortes: Este é um dos Primeiros Sintomas de Gravidez mais estranho. Pois pode ocorrer um aumento da sensibilidade não só a certos cheiros, como também a certos sabores, Isso é individual e variável, é autolimitado e não costuma ser motivo de preocupação.

Enjoos e Vômitos: A ocorrência de enjoos e vômitos é comum e, em geral, restringe-se ao primeiro trimestre, cessando após esse período. Há orientações dietéticas e medicações seguras para aliviar essas manifestações. Exigem mais atenção e avaliação especializada aqueles casos que não melhoram como o uso de sintomáticos e que geram repercussões mais graves, com prejuízo da ingestão de líquidos e alimentos.

Cólica ou Dor Abdominal: A cólica, dor em baixo do ventre ou dor “no pé da barriga” é um sintoma bastante comum, associada á adaptação do organismo á nova condição e ao próprio crescimento uterino. É necessário, no entanto, excluir causas patológicas, como a infecção urinária e, por isso , requer avaliação médica.

Inchaço Abdominal: A principal causa dessa manifestação é o próprio crescimento uterino, mais também pode ser ocasionado, por exemplo, pelo inchaço geral ( provocada pela modificações da circulação que ocorrem na gravidez) e por prisão de ventre, uma queixa bastante comum das grávidas.

Corrimento Vaginal Cor-de-Rosa: Quando ocorre a nidação (implantação do embrião na parede do útero, pode haver um pequeno sagramento que , ao se exteriorizar, assemelha-se um “corrimento cor-de-rosa”. Em geral, é uma manifestação discreta, que cessa espontaneamente. De qualquer maneira, sangramentos que ocorrem no primeiro trimestre de gravidez exigem uma avaliação médica para que sejam excluídas alterações como, por exemplo, ameaça de aborto e lesões no colo uterino.

Mamas Doloridas: A gestação desencadeia uma série de alterações hormonais, A Progesterona provoca retenção de l[iquido e aumento de volume das mamas e é a principal responsável por esse desconforto, que pode ocorrer no início e no final da gravidez (quando se associa à produção de leite).

Acne: As alterações hormonais podem levar ao surgimento ou piora de cravos e espinhas, chamados cientificamente de acne, e, por isso, já nas primeiras semanas de gravidez, a mulher pode notar um aumento da oleosidade da pele, que pode ser controlada com o uso de produtos de limpeza de pele e de higiene pessoal adequados.

Fome fora de hora: É, é um clichê, mas a vontade repentina de comer alguma coisa pode ser um sinal de gravidez. É um sintoma não muito confiável, porque você pode estar sugestionada (ou até ser um sinal de que seu corpo precisa de determinado nutriente), mas, se as vontades começarem a aparecer e você tiver algum outro sintoma da lista, é bom fazer as contas para saber se a menstruação não está atrasada.

A vontade de comer pode aparecer em horários estranhos, como no meio da madrugada, na forma de um “buraco” no estômago que precisa ser preenchido de qualquer jeito.

Vimos em: saudedica.com.br

Comentar