Você pode estar grávida e não sabe, confira se tem algum destes sintomas!!!

1

A gravidez produz os mais diferentes sentimentos nas pessoas. Depende muito do momento de vida. As gestações não planejadas podem desencadear medo nas pessoas mais jovens, principalmente porque ainda estão no momento de explorar sua sexualidade. Já outras pessoas, não aguentam mais esperar para começar logo uma família.

Nos últimos anos, a taxa de gravidez em mulheres com idade inferior a trinta anos tem diminuido consideravelmente, enquanto a mesma tem aumentando quando se trata de mulheres com mais de trinta. De acordo com um relatório de dados feito pelo Centro Nacional de Estatísticas de Saúde (NCHS), em 2009, as maiores taxas de gravidez foram observadas em mulheres com idade entre vinte e cinco e vinte e nove anos. Sendo uma prova de que as mulheres estão tardando mais a engravidar.

De qualquer maneira, se você está planejando ou não engravidar, é bastante útil conhecer e (re)lembrar alguns sinais que mostram que você pode estar grávida. Também é importante estar atentar ao seu corpo e entender o que ele está tentando te dizer. A melhor maneira de realmente saber se você está grávida ou não, é fazendo um teste de gravidez. Afinal, pode acontecer de obter conclusões preciptadas, ignorando prazos.

É importante dizermos que não estamos aqui para criticar, julgar, nem impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria está destinado àquelas pessoas que se identificarem.

Justamente pensando nessas pessoas é que a redação da Fatos Desconhecidos selecionou essa listinha com 5 sinais de que você está grávida e ainda não sabe. Confira:

1 – Você não tem usado métodos de controle de natalidade de forma correta e consistente: Os preservativos são conhecido por serem eficazes no controle de natalidade. De acordo com um artigo intitulado Tecnologia dos Anticoncepcionais, “apenas dois de cada cem casais que usam preservativos de formas consistentes e correta irá experienciar uma gravidez indesejada.”

As pílulas anticoncepcionais também são altamente eficazes. A Planned Parenthood informou que menos de uma em cada cem mulheres engravidam todos os anos quando usam pílulas anti-contraceptivas da maneira certa. Para algumas pessoas, essas estatísticas são boas o suficiente, para outras, o risco é muito grande.

Se o preservativo furou, rasgou, se você não toma as pílulas de forma regular, ou simplesmente esqueceu de usar qualquer tipo de proteção, é melhor fazer um teste de gravidez. Não confie no “gozar fora”, nem sempre essa retirada é rápida o suficiente.

2 – Seu período de menstruação é irregular: É muito importante registrar o período de cada mês, mesmo que você se considere irregular. Você pode fazer da maneira tradicional, marcando as datas de início e fim em sua agenda ou calendário. Caso seja uma pessoas mais tecnológica, também existem centenas de aplicativos especializados no assunto.

Se seu período falhar, preste bastante atenção, pode ser um sinal de que você está grávida, o que não quer dizer que realmente esteja. Seu ciclo também é afetado por mudanças hormonais e físicas, incluindo exercícios, ingestão de bebidas alcoólicas, fumar e estresse.

3 – Sangramentos de implantação: O sangramento de implantação é um leve sangramento ou manchas que ocorrem entre seis e doze dias depois da concepção. É fácil confundir essa ocorrência com seu período, porque são manchas avermelhadas ou marrons na roupa íntima.

Isso acontece porque o ovo fertilizado se transfere para baixo do útero, o que pode resultar em alguns danos aos vasos sanguíneos da área. É um dos primeiros sinais de gravidez, acontecem com um terço das mulheres grávidas.

4 – Seu sistema digestivo está passando por mudanças: As mulheres grávidas podem ter enjoos matinais em seu primeiro trimestre, geralmente em torno das primeiras seis semanas. O desconforto inclui tonturas, náuseas e vômitos, assim como constipação e sensibilidade à cheiros. Esses sintomas, sozinhos, não querem dizer que você está grávida.

Tudo depende das alterações hormonais. Alguns corpos são capazes de tolerar todas as mudanças, enquanto outros reagem contra elas. Em caso de dúvidas, faça um teste.

5 – Você está mais cansada do que o normal: Não estamos falando sobre aquela sensação de fadiga, preguiça ou cansaço cotidiano mas, sim, de cansaço extremo. Durante a gravidez, as taxas de açúcar no sangue e a pressão arterial caem muito. Seu corpo também produzirá mais sangue do que o habitual e, hormônios como a progesterona (hormônio produzido pelos ovários), podem te fazer sentir extremamente cansada.

Lembramos que o comparativo da pesquisa não exprime algum tipo de ideologia ou apologia a tal tema de responsabilidade do site, estamos apenas reproduzindo um conhecimento científico.

Vimos em: fatosdesconhecidos.com.br

Comentar