Combata o inchaço e a celulite com esta drenagem linfática caseira

Os movimentos suaves da drenagem linfática são muito eficientes no combate ao inchaço e à celulite. A retirada do acúmulo de líquido nos tecidos que ela proporciona ajuda até a reduzir alguns centímetros nas medidas. Nada mal para um método que não requer nada além das mãos para fazer efeito.

1

O ideal é procurar um fisioterapeuta ou massoterapeuta com experiência em drenagem linfática para que ela seja 100% eficiente. Mas quem não tem essa possibilidade pode tentar reproduzir o método em casa. Preparamos o passo a passo para você drenar da melhor maneira possível.

Como fazer drenagem linfática:

Tome um banho: a pele da parte do corpo em que você fará drenagem linfática deve estar limpa e sem resquícios de cosméticos ou suor.

Desobstrua os gânglios: ‘para que o líquido tenha para onde fluir, os gânglios mais próximos da parte do corpo drenada devem estar livres’, explica a fisioterapeuta Thalita Greco, do Centro de Bem-estar Levitas. Para isso, basta fazer movimentos circulares com quatro dedos sobre eles por cerca de dois minutos. Os gânglios das pernas ficam atrás dos joelhos, os das coxas, na região da virilha, os gânglios dos braços nas axilas e os do abdômen, ao redor do umbigo. Ao tocar, dá para sentir pequenas formas arredondadas sob a pele.

Use um creme: usar uma loção cremosa ajuda no deslizamento das mãos durante a drenagem linfática. Este produto, caso tenha compostos que auxiliem na desintoxicação em sua fórmula, pode intensificar os resultados. Mas a fisioterapeuta Thalita alerta que o resultado depende muito mais da técnica do que do creme.

Sentido da massagem: ‘os movimentos da drenagem devem respeitar a direção do nosso sistema linfático’, explica a fisioterapeuta Thalita Greco. Devem ser feitos toques de baixo para cima, sempre em direção aos gânglios que foram massageados anteriormente.

Tipo de toque: existem alguns tipos de toque usados na drenagem linfática. No uso estético, o mais comum é o bracelete. Ele deve ser feito colocando as mãos em torno da perna ou do braço – como uma pulseira – e arrastando-as para cima. No abdômen, a drenagem linfática é feita com movimentos circulares com as mãos espalmadas ao redor do umbigo.

Intensidade do toque: a drenagem linfática não deve ser forte ou rápida, o toque deve ser suave. Caso a massagem cause dor, o ideal é interrompê-la.

Vimos em: bolsademulher.com

Comentar