Coisas nojentas que as mulheres fazem escondido

Todo nós temos alguma mania e não contamos a ninguém, sejam elas nojentas ou não, muitos guardam a 7 chaves. Um estudo feito pelo psicólogo Barry Komisaruk, buscou estudar as diferentes formas de se sentir prazer de homens e mulheres.

O resultado foi que ambos sentem estímulos a fazer coisas que gostam, essas coisas podem ser simples ou não, tudo depende do momento que estão vivenciando. As mulheres costumam fazer algumas coisas nojentas; assim como os homens, elas tem manias bem estranhas. Separamos algumas delas. Confira!

1 – Retirar o excesso de cutícula das unhas, apesar de higiênico, pode ser considerado nojento. Mas o que importa mesmo é que ficam lindas com as unhas arrumadas e todo homem ama.

2 – Conferir se existem pelinhos na cera de depilação é uma forma de conferir se todos os pelinhos indesejados foram retirados, e elas amam isso.

3 – Espremer espinhas, apesar de não ser totalmente uma atitude feminina, as mulheres amam. Não podem ver um cravo ou espinha, seja nelas ou no namorado, que já vão espremer.

4 – Desencravar as unhas pode até parecer nojento, mas é totalmente admissível, uma vez que se sua unha encravar pode ser tornar bem desagradável. Por isso, caso sua mulher ou namorada esteja com essa mania, agradeça, pois isso só trará benefícios para a saúde.

5 – Ninguém gosta de unhas sujas, não é mesmo? Pode ser nojento para uma mulher tirar a sujeira debaixo das unhas, mas é bem melhor assim.

6 – Outra mania que elas repetem muito e chegam a não controlar é retirar as casquinhas de machucados. Não podem ver que a ferida está cicatrizando que já começam a ‘unhá-la’ e arrancar os pedaços.

7 – Retirar sujeira do nariz ou remela dos olhos é bem comum não somente entre as mulheres, com certeza é uma mania bem nojenta e desagradável que muitas pessoas tem o costume de fazer.

8 – O que muitos não sabem é que existem mulheres que odeiam usar calcinha, pode parecer bem estranho, afinal, as mulheres são conhecidas pelo seu costume higiênico e diferente dos homens. Mas acontece muito entre elas.

Lembramos que o comparativo da pesquisa não exprime algum tipo de ideologia ou apologia a tal tema de responsabilidade do site, estamos apenas reproduzindo um conhecimento científico.

Vimos em: blastingnews.com

Comentar