Bactéria comedora de carne faz com que Atriz seja submetida a 5 operações. Assustador, confira!

Uma atriz britânica teve que passar por cinco operações para reconstruir o nariz, após uma bactéria comedora de carne corroer seu rosto. Lois Temel, de 41 anos, começou a se sentir constantemente cansada, mas os médicos não faziam ideia do que ela havia contraído. Após realizar um exame de otorrinolaringoscopia (inserção de uma câmera em seu nariz), eles descobriram que ela tinha fasceíte necrosante.

1

Segundo o laudo, acredita-se que ela tenha contraído a bactéria durante ações comunitárias com desabrigados. A condição é uma infecção bacteriana rara, mas extremamente perigosa. A ‘necrose’ refere-se a algo capaz de matar o tecido do corpo e a infecção pode destruir a pele, os músculos e a gordura. A doença se desenvolve quando as bactérias entram no corpo, muitas vezes através de um pequeno corte ou arranhão. Quando as bactérias se multiplicam, elas liberam toxinas que matam o tecido e interrompem o fluxo de sangue no local.

2

Por ser agressiva, a bactéria se espalha rapidamente por todo o corpo. Os sintomas incluem pequenas protuberâncias vermelhas, causando contusões, sudorese, calafrios, febre e náuseas. Algumas complicações incluem falência de órgãos e choque anafilático.

O tratamento deve ser feito imediatamente, e geralmente são administrados antibióticos potentes, muitas vezes acompanhados de cirurgias para remoção do tecido morto. Em agluns casos mais graves, pode ser necessária a amputação de membros. Os pacientes podem ser submetidos a enxertos de pele após a infecção ter sido curada, tanto para ajudar no processo de cicatrização quanto por razões estéticas.

3

“No começo eu não sentia dor alguma em meu rosto. Eu só me sentia cansada o tempo todo. Eu passei cerca de um ano indo de médico em médico, e só quando colocaram a câmera em meu nariz que fui diagnosticada, após eles verem o estrago que a bactéria fez, deixando meu rosto vazio por dentro. Por sorte, eu parecia normal do lado de fora”, disse ela, que, em 2008, passou por uma cirurgia para remoção das bactérias e da carne morta em seu rosto.

Assim, ela tornou-se a primeira pessoa no Reino Unido se submeter a um tipo específico de reconstrução facial com material bioativo. Porém, apenas um ano depois, ela ficou horrorizada ao espirrar e soltar sangue, juntamente com todo o seu septo. Lois teve de largar o trabalho, voltar a morar com seus pais e recomeçar o tratamento.

No hospital, os médicos avisaram que se a bactéria mortal voltasse a atingir seu rosto, poderia matá-la. Ela foi forçada a submeter-se a mais três operações para interromper as bactérias devoradoras de carne e reconstruir seu rosto. “Eu só queria que eles tirassem essa coisa horrível da minha cara. Eu nunca fui uma pessoa particularmente bonita ou obcecada por minha aparência, mas quando você está indo dormir e eu não tem certeza de como vai estar quando acordar é algo terrível”, disse ela.

Depois de passar por cinco procedimentos para reconstruir o nariz, drenagem pulmonar, terapia da fala e diferentes tipos de fisioterapia, Lois finalmente, caminha para uma recuperação completa, embora isso possa levar mais alguns meses, ou talvez anos.

Vimos em: dailymail.co.uk

Foto: Reprodução / Daily Mail

Comentar