Acabe com as Estrias com este Poderoso Óleo Natural..

A estria é um problema estético que causa muito incômodo e faz com que muitas mulheres busquem tratamentos para esconder ou até acabar de vez com as marquinhas indesejadas. Na lista dos tratamentos caseiros, o óleo de argan aparece como uma alternativa barata e nada invasiva. Mas será mesmo que esse truque pode funcionar para suavizar o aspecto dos risquinhos?

1

Óleo de argan contra estrias funciona?: O óleo age dando uniformidade à região onde estão as estrias, o óleo de argan é um óleo vegetal que, embora seja muito conhecido por seu uso no tratamento dos cabelos, também tem sido utilizado na pele. Segundo a dermatologista Camila Meccia, da CD Clínica Dermatológica, o produto tem uma grande capacidade de hidratação, além de possuir efeito anti-envelhecimento, anti-inflamatório e cicatrizante, sendo eficaz para melhorar o aspecto das estrias.

Como o óleo age na pele?: A médica explica que o uso de óleos age dando uniformidade à região onde estão as estrias: “As estrias são como uma espécie de cicatriz, um tecido esgarçado. Então, quando hidratamos e melhoramos a qualidade desse tecido estirado, ele fica com um aspecto mais uniforme com o tecido normal ao redor, disfarçando as estrias”.

Utilizar esse tipo de produto pode, então, melhorar as estrias presentes no corpo e deixá-las quase imperceptíveis. No entanto, a dermatologista esclarece que o produto não tem a ação de fazê-las desaparecer totalmente. No caso de estrias já formadas pelo corpo, Camila recomenda outros tratamentos dermatológicos para um resultado mais satisfatório.

Como usar?: Segundo a especialista, o óleo no corpo deve ser usado sempre ao final do banho, retirando apenas o excesso com a água. Pode ser usado diariamente para pele ressecada ou quando sentir necessidade a depender do tipo de pele.

Para prevenir que surjam as temidas marquinhas, a especialista reforça que é preciso aliar ao óleo fórmulas ou hidratantes potentes. Se o caso for tratamento para estriasque já existem, é preciso buscar um dermatologista para encontrar o método mais efetivo com lasers, peelings, luz pulsada ou cremes a base de ácidos.

Contraindicação: A especialista afirma que qualquer um pode usar o óleo essencial, que é de origem natural. Porém, existe a contraindicação no caso de se desenvolver alguma irritação ao entrar em contato com produto. Além disso, a recomendação é suspender o uso do óleo quando for se expor ao sol para não causar manchas na pele.

Vimos em: bolsademulher.com

Comentar